terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O tal do consumo consciente...

Crédito: planetpanels.com
O consumo responsável tem sido citado constantemente em diversos veículos de comunicação. Fala-se muito que é necessário optar por produtos ecologicamente corretos. Porém, esse rótulo tem sido empregado deliberadamente. Vejamos um exemplo corriqueiro: você vai ao supermercado, compra um produto famoso e acredita que fez uma boa escolha, pois a embalagem é reciclável e a propaganda diz que isso é sustentável. Por outro lado, o fabricante utiliza insumos de procedência duvidosa e emprega mão-de-obra em condições degradantes. Logo, esse produto não é sustentável.
Ser ambientalmente ético também abrange o consumo de água, a opção pelo meio de transporte com menor impacto e diversas
atividades cotidianas.
 O consumo consciente precisa ser visto como uma postura crítica que avalie a necessidade de aquisição, a origem do que está sendo comprado (ou usado) e as consequências do consumo para a sociedade e o meio ambiente. Vale a pena trocar aquele aparelho eletrônico por outro modelo mais recente que gaste mais energia? Além disso, o que fazer com o velho? Preciso tomar um banho demorado? Por que não compostar o lixo orgânico? Cem pares de sapatos lhe fazem verdadeiramente mais feliz? Repensar nossas necessidades é fundamental para consumir com ética e responsabilidade pelo planeta.
Não saber por onde começar? Que tal calcular sua pegada ecológica e descobrir o quanto seu estilo de vida impacta a natureza? Faça o teste!

0 comentários:

Postar um comentário