sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

"Canção da Terra" no Acampamento do Levante Popular da Juventude



A articulação embalada pela poesia engajada de Pedro Munhoz. Belo vídeo que inspira pela força e pelo poder de transformação da juventude. Fez-me lembrar de Paulo Freire e a sua afirmação de que a esperança deve vir do verbo esperançar, jamais do esperar. Esperançar é ir à luta!


Canção da Terra


"Tudo aconteceu num certo dia
Hora da Ave Maria 
O Universo viu gerar
No princípio, o verbo se fez fogo
Nem Atlas tinha o Globo
Mas tinha nome o lugar
Era Terra,
E fez o Criador a Natureza
Fez os campos e florestas
Fez os bichos, fez o mar
Fez por fim, então, a rebeldia
Que nos dá a garantia
Que nos leva a lutar
Pela Terra, 
Madre Terra, nossa esperança
Onde a vida dá seus frutos
O teu filho vem cantar 
Ser e ter o sonho por inteiro
Sou Sem Terra, sou guerreiro
Co'a missão de semear
A Terra, Terra, 
Mas, apesar de tudo isso 
O latifúndio é feito um inço
Que precisa acabar
Romper as cercas da ignorância
Que produz a intolerância
Terra é de quem plantar
A Terra, Terra, 
Terra, Terra..."

0 comentários:

Postar um comentário